INOVAR SAÚDE | ARTIGOS | POR QUE USAR A CINTA MODELADORA NO PÓS-OPERATÓRIO?






POR QUE USAR A CINTA MODELADORA NO PÓS-OPERATÓRIO?

POR QUE USAR A CINTA MODELADORA NO PÓS-OPERATÓRIO?

A gente já falou algumas vezes que o pós-operatório é tão importante quanto à cirurgia em si e que alguns cuidados são essenciais! Hoje resolvemos relembrar porque a cinta modeladora é primordial para garantir o melhor resultado! ??

A cinta modeladora pós-cirúrgica auxilia na acomodação da pele, fazendo com que a paciente assuma um novo contorno corporal.
Ela ajuda no controle do inchaço, facilitando a reabsorção dos líquidos que aparecem na região operada, evitando também a ocorrência de pequenos sangramentos e fazendo com que a superfície local fique livre de irregularidades. Para completar, ela diminui o desconforto, já que protege a região operada.

 

Para quais cirurgias a cinta modeladora é indicada?

O uso da cinta é indispensável por quem passou por uma lipoaspiração, lipoescultura, abdominoplastia, prótese de mama, mamoplastia redutora e de aumento, prótese de glúteo, dermolipectomia de perna e braço.

 

Do que é feita a cinta modeladora?

Para quem não sabe, a cinta modeladora é uma malha elástica de diferentes formas e tamanhos. Ela deve ser feita a partir de um tecido de qualidade, antimicrobiano e com possibilidade de transpiração. Não pode reter umidade, a fim de evitar irritações na pele. As malhas devem ser usadas o dia inteiro, sendo removida para o banho e sua própria lavagem, para isso ela necessita ser confortável. A cirurgia realizada e a conduta médica é que serão determinantes para saber quanto tempo você usará a malha.

Benefícios da cinta modeladora pós-cirúrgica

- Além de ajudar no conforto e controle do edema, a cinta traz segurança para fazer os movimentos autorizados durante cada fase do pós-operatório.
- Sustenta a musculatura da região operada, melhorando a postura e dando maior segurança ao paciente durante a recuperação.

- Ajuda a acelerar a cicatrização da pele, auxiliando no resultado final da cirurgia.

- Evita a flacidez da pele e da barriga.

- protege a área operada;

- Proporciona um conforto maior para o paciente.

- Utilizando de forma correta , ela também é uma aliada contra a fibrose.

Quanto mais apertada a cinta melhor?

ESQUEÇA isso? É um mito muito perigoso!

A escolha do tamanho ideal é importante para que a malha comprima a pele do paciente sem impedir a circulação sanguínea, permitindo compactar os tecidos sem causar nenhum dano. Por isso, é interessante pedir ajuda ao médico e à sua fisioterapeuta antes de comprar a sua.

A compressão severa pode prejudicar a circulação do sangue, aumentando o edema, pode causar dobras deixando o corpo marcado, causando fibrose e dores, aumento da pressão arterial e também pode prejudicar a respiração.
Ao mesmo tempo, é importante não deixar a cinta frouxa demais, nem formando pregas por estar muito grande ou larga. Não surgirá efeito algum!!!

Clique aqui e recebe GRÁTIS o E-book "Como Colocar a Cinta Modeladora Pós-Cirúrgica" 


Você sabe como lavar a cinta?

  • Não colocar na máquina nem para lavar e muito menos para torcer.
  • Lave na água corrente e com sabão neutro;
  • Tirar o excesso de água apertando levemente a cinta;
  • Secar a sombra; Nunca deixe secando no sol!
  • Quando estiver bem seca, colocar em saco plástico e levar à geladeira por 20 minutos, este processo ajuda as fibras a voltar a elasticidade normal.


Saber como colocar a cinta para garantir segurança e o uso correto dela é a maior dúvida da maioria das pacientes. Se você também está se perguntando como fazer isso, a resposta é simples: A gente te ajuda! 


Lembrou de alguma amiga que fez ou vai fazer cirurgia plástica? Compartilhe com ela este artigo e entre em contato conosco, clicando logo abaixo.... 

Agende sua sessão hoje mesmo! Clique Aqui (11) 97316-9546 e converse com a gente!

Pra Você, na sua Casa 

 

MAIS LIDAS

Inchaço pós-cirurgia plástica

Quando usar a drenagem linfática no pós-operatório de cirurgia plástica

Saiba como prevenir a trombose pós-cirurgia

A importância da alimentação saudável durante a gestação

7 alimentos que combatem a ansiedade

Inchaço pós cirurgia plástica

Afinal, quais os benefícios da drenagem linfática manual?

Saiba porque espreguiçar é tão bom 

Brutus acompanha (com atenção) sessão de Drenagem Linfática




Autoras: Dra. Diamani Caran (CREFITO-7-6363-F) é Fisioterapeuta Ortopédica, Traumatológica e Dermato Funcional e Dra.Pâmela Bulgarelli é Fisioterapeuta Reumatológica e Dermato Funcional (CREFITO-3/109947-F), ambas diretoras da Inovar Saúde.

Imagem: Inn-Forma Modeladores
 

SE INSCREVA NA NEWSLETTER E RECEBA NO SEU E-MAIL AS NOVIDADES DO BLOG SAÚDE ETC E TAL!